-- -- Emoções: Como funcionam
 

Consultório da Mente

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Emoções: Como funcionam

São cinco as emoções e a nossa vida gira em torno delas, a saber: alegria, medo, raiva, tristeza e afeto. Elas acarretam imediatamente reações de luta ou de fuga e modificam totalmente nosso corpo, como reações à estas.

 

Hoje, sabemos que para termos sucesso e sermos bem sucedidos devemos dominar as emoções dentro da razão, tornando-se um aprendizado quando conseguimos controlá-la, como por exemplo, com relação à raiva, não deixando-a descambar para a violência na hora em que a sentimos. Para isso temos que nos conhecer para adquirirmos o treinamento adequado, entendendo as nuances destas e como dominá-las e usá-las da melhor maneira.

Cada um de nós já nasce com uma programação genética das emoções e elas são excludentes, pois quando sentimos raiva, por exemplo, não sentimos medo. Elas são detonadas uma de cada vez. A raiva induz os movimentos de ataque ou defesa. O medo tem movimentos de evitação ou fuga. A alegria e o afeto tem movimentos aproximativos, enquanto a tristeza induz a um cessar de movimento. O medo, a raiva e a tristeza são emoções desprazerosas, enquanto que a alegria e o afeto são prazerosas, sendo que a alegria expande o ego e o afeto leva ao prazer e ao amor e expande a alma. O medo é necessário para nos protegermos e a raiva pode ser uma energia positiva, quando é usado como reação e defesa com controle.
Finalizando, todos nós nascemos com elas e a maneira como a controlamos é que vai mostrar como somos, como interagimos com o mundo e o ambiente a nossa volta, e como vamos interagir com as outras pessoas.

 

 

Psicanalista na Sua Cidade

Calendário de Eventos

Fevereiro

01/02 - Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência
04/02 - Dia Mundial do Câncer (OMS) 
05/02 - Dia Nacional da Mamografia 
05/02 - Dia da Papiloscopia 
07/02 - Dia Nacional de Luta dos Povos Indígenas
15/02 - Dia Internacional de Luta contra o Câncer Infantil
20/02 - Dia Nacional de Combate às Drogas e Alcoolismo
28/02 - Dia Mundial das Doenças Raras

 

Precisamos Saber

O que é mais importante na sua relação
 

 


 

 


Pensamento do Dia

Existem pessoas tão sumamente pobres que só têm dinheiro.(Autor desconhecido)

Psicopatas. Eles estão entre nós

Artigos de vários Terapeutas

                                                                  
Dra.Rita Souza Bruni CRP  06/92547é Psicologa Psicóloga, especialista em Psicologia Analítica.Possui experiência nas áreas de atendimentos clínicos, testes e avaliações Psicológicas, elaboração de palestras e treinamentos.Realiza atendimento clínico de adolescentes e adultos, orientação profissional e acompanhamento emocional a noivas e casais. mental.
Holly Counts, PsyD
Dra.Holly Counts, Psy.D. é um psicóloga clínico licenciado em Ohio. Ela utiliza uma abordagem mente, corpo e espírito para a cura.
Daniel J. Tomasulo
Dr.Daniel J. Tomasulo, Ph.D., TEP, MFA é um psicólogo, treinador psicodrama e escritor sobre corpo docente da Universidade de Nova Jersey City

Dr. Fernando Weikamp -Neuropsicanalista - Psicanalista Clinico - CBP/SP nº 00439 Faculdades Médicas de Psicoterapia Unidas FAMEHP -São Paulo,- Diplomado em psicologia pela Universidade do Arizona em Master of Psychology and Medicine -Membro ABENEPI -Associação Brasileira de Neurologia,Psiquiatria Infantil -Membro da Sociedade Brasileira de Psicologia -Membro da Associação Brasileira de Medicina Complementar -Membro da Associação Brasileira de Psicoterapia e Medicina Comportamental , Sexólogo, Professor, Neuro Ciência .

 

 

Informação

 

 

Atenção Internautas

 O Consultorio da Mente alerta aos internautas que estão sendo enviadas mensagens eletrônicas em nome do Consultorio da Mente. As falsas mensagens informam que o usuário tem algum tipo de divida . Depois há um pedido para "clicar" em um link anexado a mensagem.

O Consultório da Mente não envia mensagens eletrônicas sobre cobranças . Somente entra em contato via e-mail com usuários que utilizaram os canais apropriados no site.

Portanto, ao receber a mensagem suspeita, orientamos que ela seja encaminhada para o endereço crime.internet@dpf.gov.br e, logo em seguida, apagada.

 

 

 

Nós temos 26 visitantes online