-- -- O funcionamento das essências florais
 

Consultório da Mente

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

O funcionamento das essências florais

O funcionamento das essências florais

Edward Bach, médico nascido na Inglaterra em 1866, foi uma pessoa profundamente voltada para o bem estar do seu próximo. Não queria exercer uma medicina paliativa, que só tratasse dos desdobramentos das doenças.

 Antes, buscava atingir as causas, e não tardou a perceber que elas estavam nos estados mentais e emocionais dos seus pacientes. Depois de ter realizado um bem sucedido trabalho como bacteriologista, começou a pesquisar as flores, já tendo feito contato com a Homeopatia, cujos fundamentos existiam cem anos antes do seu nascimento.

Foi com paixão que se lançou à pesquisa, deixando para trás renome e conforto para se embrenhar na natureza, que amava desde a infância. Bach era um arguto observador do temperamento humano, e o fato de ser médico o fazia notar como cada um reagia à doença, apresentando desde inquietação até gosto por estar doente e dependente de outras pessoas. Esteve a frente do seu tempo, posto que  só modernamente é que se consagrou a ligação entre os estados de espírito e as doenças, e, ainda assim, há quem até hoje creia que as doenças são meras manifestações físicas, que acontecem sem relação com o que pensa e sente.

O impacto das emoções na nossa vida

Quem quer que esteja minimamente familiarizado com a psicologia, a filosofia oriental ou com noções de espiritualidade sabe o quanto as emoções filtram a nossa percepção da realidade. Com muita freqüência, ela a distorcem para torná-la pior do que é de fato. Quantas coisas que tememos que jamais aconteceram? Quantas vezes não dramatizamos algo que não tinha tanta importância assim? Há ocasiões em que somos presas de culpas inúteis, ou, ainda, de nostalgias impossíveis. Por vezes, nos ressentimos amargamente, durante anos, por algo que nos aconteceu, impedindo a nós mesmos que a vida nos traga suas bênçãos. Igualmente não é raro que dois amantes comecem apaixonados  e, com o tempo, os aspectos sombrios de cada um assumam o comando, destruindo a possibilidade de harmonia que as afinidades poderiam proporcionar. É fácil, portanto, perceber como as emoções não tratadas podem ter um impacto bastante destrutivo em nossas vidas.

Para a astrologia, as emoções estão ligadas à Lua, que tem exaltação (grande afinidade) no signo de Touro, conhecido por sua estabilidade. O mundo emocional ideal deveria ser mais tranqüilo, e menos extremo. A vida deveria ser algo para nos dar prazer, algo relacionado com Touro. A Lua tem seu domicílio no signo de Câncer, da nutrição interior, representando que todos nós deveríamos ser capazes de nutrir a nós mesmos, mas na prática temos dificuldade em alcançar este estado ideal.

O funcionamento das essências florais

 

Os florais conseguem penetrar nas nossas emoções, corrigindo desequilíbrios – excessos ou faltas. Atuam nos chakras e no campo áurico. Induzem novas formas de vibrar e de sentir, que, finalmente, se traduzem em novos comportamentos. Vamos suavemente mudando. Sentimos alívio no que antes era uma causa de desconforto; não raro, o desconforto de toda uma vida. O uso prolongado dos florais (mais de quatro meses) nos abre para dimensões e modos de ser que antes nos eram inéditos.

Bach idealizou os florais como um sistema de cura acessível e universal (posto que é livre de sistemas de crenças e ideologias), e entendeu que toda cura tem de começar pelos  pensamentos distorcidos e emoções correspondentes. Segundo Bach, o floral preenche uma lacuna, colocando uma virtude nova onde antes havia uma deficiência. Os florais atuam por vibração, com base na física quântica. Os campos de energia vão sendo alterados através de ressonância. A estrutura e a forma específica da força vital de cada essência ressoam e amplificam qualidades particulares na alma humana. É como se as essências conseguissem colocar o melhor de cada um para fora. Citando Patrícia Kaminski, pesquisadora floral do sistema da California: “Ao invés de condensar a matéria física, os métodos de preparação usados para as essências florais expandem a substância física de tal forma que produzem qualidades vibracionais além do plano físico. Isto significa que as essências florais (e vibracionais) não agem no corpo físico como tal, mas, pelo contrário, nos campos energéticos que o circundam; mudanças nesses campos de energia podem, por sua vez, influenciar o bem-estar mental, emocional e/ou físico.”

O sistema de Bach tem 38 essências. Após Bach, outros pesquisadores se propuseram a estudar as plantas e suas essências, testando exaustivamente seus efeitos, como Patricia Kaminski e Richard Katz, criadores do sistema floral da California, com 139 essências, e Cynthia Kemp, com suas 93 essências do Deserto. Atualmente, estou trabalhando com os sistemas de Bach, California e Saint Germain.

Os florais têm muito mais alcance do que as pessoas possam imaginar. Os estudiosos evitam divulgar todas as suas possibilidades para não causar expectativas, já que cada tratamento é único. É preferível que cada um descubra os benefícios por si mesmo. Ainda assim, podemos citar alguns dos benefícios das essências florais:

  • Estudantes: o tratamento floral pode aumentar a capacidade de se concentrar e produzir. Pode ajudar a trabalhar o nervosismo em provas (que gera o famoso ‘branco’).
  • Idosos: existem essências para idosos que estejam muito perdidos no passado, pouco atentos ou emocionalmente distantes. Ou, ainda, com baixa vitalidade ou intoxicados pela grande quantidade de medicamentos que precisam tomar.
  • Crianças: há essências para redução da hiperatividade, de medos (ex: excessiva timidez) ou da agressividade. Crianças que passaram por traumas também poderiam se beneficiar muito de uma terapia floral para início de um processo de recuperação.
  • Adolescentes: existem essências para auxiliar na tendência típica a oscilações, dúvidas, dificuldade em fazer as pazes com o corpo, problemas de pele, insegurança, rebeldia, etc. Em alguns casos, os pais também precisam ser tratados, pois não raro há problemas nas duas pontas. Ex: filhos rebeldes e pais muito autoritários ou com dificuldade em colocar limites.
  • Animais: também podem se beneficiar das essências. Há florais para animais indóceis e mandões, ou para aqueles medrosos, que sofreram algum tipo de trauma ou choque. Ou, ainda, para os apáticos ou que se relacionam pouco.
  • Vida profissional: adultos podem fazer uso de essências para esgotamento, receio de não dar conta das responsabilidades, assédio moral, desestímulo, estar perdido profissionalmente, dificuldade em se promover e se valorizar, vício no trabalho, cansaço por trabalhar o dia todo em frente a uma tela de computador, etc.
  • Vida amorosa:  as essências podem ajudar a equilibrar o ciúme excessivo, a dependência, a dissociação exagerada entre sexo e amor, os estados obsessivos, auxiliar na aceitação do término de relacionamentos, fazer com que solteiros fiquem mais alegres e interessantes, contribuir para criar um melhor discernimento, o que vai propiciar que se atraiam relacionamentos mais saudáveis, etc.
  • Vida emocional: muitas essências para elaborar más experiências do passado, medos, padrões arraigados, depressão, irritabilidade, rigidez, etc.
  • Saúde: os florais podem ser úteis como fonte de apoio para deixar vícios, para ter uma vida mais equilibrada e um sono melhor, etc. Como melhoram o emocional, acabam atuando também na saúde física.

Os florais podem fazer mal?

De modo algum. Em primeiro lugar, por ser uma terapia suave e sem efeitos colaterais, os florais podem ser combinados com tratamentos homeopáticos e também com a administração de remédios alopáticos. Ninguém precisa interromper seu tratamento homeopático para tomar florais, muito embora alguns médicos homeopatas desaconselhem isto porque interfere em suas observações sobre os resultados da homeopatia. Mas uma diferença entre os remédios homeopáticos e os florais é que os primeiros fazem um trabalho muito profundo, de fundo, enquanto os florais rapidamente mostram resultados. Um não é melhor do que o outro, apenas atuam de forma diferente. Os tratamentos homeopáticos também estão mais associados ao funcionamento dos órgãos no corpo e por isto é preciso ter formação médica para administrá-los. Os florais trabalham mais o emocional e o psicológico.

Processo de limpeza dos florais

Algumas essências pioram quadros por um curto período de tempo (alguns dias) para então promover uma melhora ou cura. Mas a melhora ou cura é tão recompensadora que vale a pena enfrentar o período inicial de aparente piora. Por exemplo, a essência Impatiens, que, como o nome já diz, trabalha a  impaciência, com freqüência aumenta a irritabilidade para depois acalmar a pessoa. Na maioria das vezes, o período de piora é tão rápido que o cliente sequer se dá conta dele. Faz parte do processo de limpeza, também, sonhar mais. É muito comum após iniciar o uso dos florais ter uma atividade onírica mais intensa, com sonhos mais significativos e claros, que podem trazer insights para a pessoa ou revelar sutilmente o surgimento de um novo padrão interno.

A escolha das essências pelo terapeuta

A identificação de quais são os pontos a serem trabalhados é também uma arte, que requer sensibilidade por parte do terapeuta. Ele precisa perceber o que está faltando para o seu cliente naquele momento. Uma fórmula é, igualmente, uma combinação de essências, e o terapeuta floral também estuda o equilíbrio desta fórmula, o quanto ela pode proporcionar de transformação, mas também de suporte ao cliente.

O fator tempo

A terapia floral é extremamente efetiva, mas sutil, e também requer tempo. Há quem queira tomar florais durante um mês e ficar livre de traços que foram construídos ao longo de toda uma vida. É preciso se permitir tomar os florais por algum tempo, o qual será sugerido pelo terapeuta, a fim de permitir que uma transformação mais profunda aconteça.

 

Calendário de Eventos

Setembro
01.09 - Dia do Profissional de Educação Física.
03.09 - Dia do Biólogo
05.09 - Dia Nacional de Conscientização e Divulgação da Fibrose Cística
05.09 - Dia do Oficial de Farmácia
08.09 - Dia Nacional de Luta por Medicamento
08.09 - Dia Mundial da Raiva
09.09 - Dia do Veterinário
10.09 - Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio
21.09 - Dia Nacional de Luta da Pessoa Portadora de Deficiência.
27.09 - Dia Nacional da Doação de Órgãos
29.09 - Dia Mundial do Coração

Precisamos Saber

O que é mais importante na sua relação
 
 


Pensamento do Dia

O mais rico não é o que mais tem, mas o que necessita de menos.(Autor desconhecido)

Psicopatas. Eles estão entre nós

Artigos de vários Terapeutas

                                                                  
Dra.Rita Souza Bruni CRP  06/92547é Psicologa Psicóloga, especialista em Psicologia Analítica.Possui experiência nas áreas de atendimentos clínicos, testes e avaliações Psicológicas, elaboração de palestras e treinamentos.Realiza atendimento clínico de adolescentes e adultos, orientação profissional e acompanhamento emocional a noivas e casais. mental.
Dra. Nájila Tamires da Silva é Psicóloga em atendimento clínico. Utiliza uma abordagem voltada a psicologia comportamental. Com experiência em atendimento clínico individual e em grupos de crianças, adolescentes e adultos. Realiza acompanhamento terapêutico e orientação profissional.
Holly Counts, PsyD
Dra.Holly Counts, Psy.D. é um psicóloga clínico licenciado em Ohio. Ela utiliza uma abordagem mente, corpo e espírito para a cura.
Daniel J. Tomasulo
Dr.Daniel J. Tomasulo, Ph.D., TEP, MFA é um psicólogo, treinador psicodrama e escritor sobre corpo docente da Universidade de Nova Jersey City

Dr. Fernando Weikamp -Neuropsicanalista - Psicanalista Clinico - CBP/SP nº 00439 Faculdades Médicas de Psicoterapia Unidas FAMEHP -São Paulo,- Diplomado em psicologia pela Universidade do Arizona em Master of Psychology and Medicine -Membro ABENEPI -Associação Brasileira de Neurologia,Psiquiatria Infantil -Membro da Sociedade Brasileira de Psicologia -Membro da Associação Brasileira de Medicina Complementar -Membro da Associação Brasileira de Psicoterapia e Medicina Comportamental e Sexólogo

 

 

Informação

 

 

Atenção Internautas

 O Consultorio da Mente alerta aos internautas que estão sendo enviadas mensagens eletrônicas em nome do Consultorio da Mente. As falsas mensagens informam que o usuário tem algum tipo de divida . Depois há um pedido para "clicar" em um link anexado a mensagem.

O Consultório da Mente não envia mensagens eletrônicas sobre cobranças . Somente entra em contato via e-mail com usuários que utilizaram os canais apropriados no site.

Portanto, ao receber a mensagem suspeita, orientamos que ela seja encaminhada para o endereço crime.internet@dpf.gov.br e, logo em seguida, apagada.

 

 

 

Nós temos 77 visitantes online