-- -- HIV e AIDS: O que você precisa saber
 

Consultório da Mente

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

HIV e AIDS: O que você precisa saber

 

HIV e AIDS: O que você precisa saber

 

Provavelmente você já ouviu sobre a doença HIV/AIDS e sabe que ela pode seriamente afetar sua vida e até o matar. Mas o que você pode fazer para reduzir o risco de contrair HIV, o vírus que causa AIDS? Se você seguir as instruções deste vídeo, você pode reduzir ou ate eliminar o risco de contrair o HIV, salvando sua vida, a vida do atual ou futuro parceiro, e se você for uma mulher, as vidas de seus futuros filhos. A sigla AIDS significa Síndrome de Imunodeficiência Adquirida. É uma doença causada pelo vírus humano de imunodeficiência, conhecida como HIV. Logo que a pessoa é infectada pelo HIV, o vírus começa a atacar o seu sistema imunológico, especificamente as células brancas do sangue, chamadas células T ou células CD4. Inicialmente, e às vezes por muitos anos, a pessoa pode não apresentar sintomas de estar doente e aparecer perfeitamente saudável. Você não pode dizer se uma pessoa tem o HIV simplesmente olhando para ela. Uma pessoa pode estar infectada com HIV e nem mesmo saber. Demora seis meses após estar infectado pelo HIV para que os testes possam mostrar se alguém é HIV soro-positivo. Depois que uma pessoa contraiu HIV, até mesmo antes de os teste serem confirmados positivos, ela já pode transmitir a infecção a outros. Um indivíduo infectado tem aproximadamente 800 a 1000 células T, que são as células de defesa imunológicas. Se o HIV comprometer muito o sistema imunológico da pessoa, as suas células T cairão a um nível perigosamente baixo. O diagnóstico da pessoa muda de HIV soro-positivo à AIDS quando suas células T caem abaixo de 200, ou quando uma infecção vence o sistema imunológico enfraquecido, chamada infecção oportunista. As células T são um dos mecanismos de defesa do corpo contra infecções por bactérias, vírus, fungos e parasitas. Quando a contagem das células T de uma pessoa cai muito, ela torna-se vulnerável às infecções que o sistema imune de uma pessoa saudável poderia resistir. Isso explica porque pessoas com AIDS em estágios terminais frequentemente adoecem. Elas estão mais vulneráveis à tuberculose, pneumonia e muitas outras doenças. E podem morrer por causa dessas outras infecções. E é a isso que chamamos AIDS: em conseqüência de ter contraído o vírus HIV, a pessoa adquiriu uma deficiência imunológica. Agora você sabe que o vírus chamado HIV causa a doença conhecida como AIDS e que a AIDS pode seriamente afetar ou até matar. Como se transmite o HIV? Felizmente não se transmite com facilidade. Você não o adquire por um simples aperto mão, um espirro, uma tosse, ou um beijo leve. Portanto, você não precisa se preocupar sobre a transmissão do HIV se você tiver amigos, pessoas da família ou colegas de trabalho com AIDS

 

Psicanalista na Sua Cidade

Calendário de Eventos

Julho

Julho amarelo - combate às hepatites virais

01/07 - Dia da vacina BCG
01/07 - Dia do Enfermeiro de Saneamento
02/07 - Dia do Hospital
08/07 - Dia Mundial da Alergia
10/07 - Dia da Saúde Ocular
13/07 - Dia do Estatuto da Criança e do Adolescente
15/07 - Dia Nacional do Homem
20/07 - Dia do Amigo e Internacional da Amizade
25/07 - Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha
25/07 - Aniversário de Criação do Ministério da Saúde
25/07 - Dia do Motorista
26/07 - Dia dos Avós
27/07 - Dia Nacional da Prevenção de Acidentes do Trabalho
27/07 - Dia do Pediatra
27/07 - Dia do Motociclista
28/07 - Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais

Precisamos Saber

O que você imagina que sofre
 

 


Pensamento do Dia

A tua única obrigação durante toda a tua existência é seres verdadeiro para contigo próprio. (Richard Bach)

Psicopatas. Eles estão entre nós

Artigos de vários Terapeutas

                                                                  
Dra.Rita Souza Bruni CRP  06/92547é Psicologa Psicóloga, especialista em Psicologia Analítica.Possui experiência nas áreas de atendimentos clínicos, testes e avaliações Psicológicas, elaboração de palestras e treinamentos.Realiza atendimento clínico de adolescentes e adultos, orientação profissional e acompanhamento emocional a noivas e casais. mental.
Dr. Gustavo Moraes é Psicólogo e Psicanalista clínico. Utiliza uma abordagem voltada para o inconsciente humano. Com experiência em atendimento clínico individual de, adolescentes e adultos. Realiza acompanhamento terapêutico e orientação profissional, é professor universitário e palestrante.

 

Holly Counts, PsyD
Dra.Holly Counts, Psy.D. é um psicóloga clínico licenciado em Ohio. Ela utiliza uma abordagem mente, corpo e espírito para a cura.
Daniel J. Tomasulo
Dr.Daniel J. Tomasulo, Ph.D., TEP, MFA é um psicólogo, treinador psicodrama e escritor sobre corpo docente da Universidade de Nova Jersey City

Dr. Fernando Weikamp -Neuropsicanalista - Psicanalista Clinico - CBP/SP nº 00439 Faculdades Médicas de Psicoterapia Unidas FAMEHP -São Paulo,- Diplomado em psicologia pela Universidade do Arizona em Master of Psychology and Medicine -Membro ABENEPI -Associação Brasileira de Neurologia,Psiquiatria Infantil -Membro da Sociedade Brasileira de Psicologia -Membro da Associação Brasileira de Medicina Complementar -Membro da Associação Brasileira de Psicoterapia e Medicina Comportamental , Sexólogo, Professor, Neuro Ciência .

 

 

Informação

 

 

Atenção Internautas

 O Consultorio da Mente alerta aos internautas que estão sendo enviadas mensagens eletrônicas em nome do Consultorio da Mente. As falsas mensagens informam que o usuário tem algum tipo de divida . Depois há um pedido para "clicar" em um link anexado a mensagem.

O Consultório da Mente não envia mensagens eletrônicas sobre cobranças . Somente entra em contato via e-mail com usuários que utilizaram os canais apropriados no site.

Portanto, ao receber a mensagem suspeita, orientamos que ela seja encaminhada para o endereço crime.internet@dpf.gov.br e, logo em seguida, apagada.

 

 

 

Nós temos 13 visitantes online