-- -- Pessoas acumuladores de objetos
 

Consultório da Mente

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

A acumuladores de  objetos

 

Você deve conhecer pessoas que tem o estranho hábito de acumular objetos, roupas, papéis, alimentos por muito tempo, para além do necessário, do prazo de validade e da usabilidade em alguns momentos até rebuscam objetos do lixo para guardarem. São os chamados acumuladores e sofrem de um tipo de transtorno de ansiedade.  Pessoas que tem um sentimento muito forte pelos objetos que guardam.

 

 Freud,  dizia que a energia de vida, mas conhecida como libido, evoluía no desenvolvimento da personalidade se concentrando em áreas erógenas diversas do corpo. Na primeira fase ela estaria mais fixada nos lábios ao tentar conhecer o mundo pela boca, sugando, mordendo ou lambendo, crianças começam a acalmar-se com o bico na boca buscando conhecer pelo lábios uma nova sensação.

Na segunda fase a criança começa a ter uma tarefa de controlar os esfíncteres anais na emblemática habilidade de reter e soltar as fezes. Os acumuladores estariam, por algum tipo de bloqueio e interrupção, presos nessa fase e teriam dificuldade de expulsar de si aquilo que é inútil, inutilizável e residual em si.

Quando vai se tornando adulto ela apenas sabe acumular, reter e ficar cheia de fezes e sente uma aflição brutal quando tenta se desfazer de qualquer coisa é um sofrimento.

Talvez você não conheça casos tão extremos, mas aposto que você próprio tem aquele cantinho (gaveta, bolso, quarto, pasta, caixa de e-mail) da bagunça em que vai empilhando e guardando uma série de documentos, objetos de estimação, livros, roupas, e-mails e souveniers que são completamente inúteis e dispensáveis.

Lógico que você terá mil explicações para justificar esse acúmulo dizendo do valor afetivo, ou que ainda tem utilidade, prometendo que vai consertar ou deixar para uma futura geração, mesmo que seja de lembrança emocional. Seja lá que razão maluca pessoas assim tem uma inabilidade em deixar as coisas seguirem o seu fluxo natural de descoberta, aproveitamento, exaustão e descarte. Nada é descartável ou deixado de lado. Não permite que ninguém mexa na sua desorganização, pois estará mexendo nos seus sentimentos

Dinheiro é assunto tabu, visto que guarda e nunca usufrui nada, apenas acumula sem nenhum senso de praticidade com a desculpa de segurança na velhice ou épocas de vacas magras. Os cuidados com a sua vida que na verdade ele não tem, mas justifica  o transtorno.

O pior de tudo é quando  pessoas fazem isso com a sua própria vida. Empilham uma série de sentimentos, penduram cenas inúteis na sua memória ou mágoas e ressentimentos indefinidamente como se guardassem uma joia rara de família.

São os acumuladores de felicidade, que fantasiam que a segurança de reter cada sentimento ou acontecimento paralisado dentro de si garantiria a longevidade do prazer. Mas é um grande erro, não se  deve acumular fracassos como se fosse um bem-estar . Felicidade é  a retirada de seus conflitos trazendo de alguns anos através de seus conceitos familiares, religiosos, social e profissional. A acumulação de coisas pode estar dentro destas características e o individuo confundir  com uma suposta felicidade que almeja.

Estão aguardando o momento ideal para usar a roupas novas e no fim nunca utilizam, querem se precaver de falta de alimento e deixam as coisas embolorar e apodrecer. Metaforicamente fazem o mesmo com cada dia de sua existência, que se torna sem que o percebam miserável e escassa.

Esses indivíduos  treinam a mente em que tudo vai acabar ou entrar em colapso. Consideram a si mesmas como sábias e até espertas por anteverem os potenciais perigos do futuro.

O fato é que estão sempre olhando um quadro que  dificilmente vai acontecer e que pensam que será o momento de  usufruir.

Portanto, sugiro um pequeno exercício que demandará uma série de pequenas ações práticas.

Com Roupas

Limpe seu guarda-roupa,  O que eu tenho,  O que eu preciso, O que eu quero

Com Papeis

Com os papéis veja os que já estão acumulados a muito tempo e os descarte, um a um, daqui para frente você poderá se desfazer de todos papeis e bugigangas , sem dó. Não deixe para fazer  depois, se deixou passar é porque vai fazer como  que o acumulado permaneça . Para esse grau de ansiedade deverá ser  acompanhado de uma medicação e psicoterapia.

 

Dr. Fernando Weikamp

 

Psicanalista na Sua Cidade

Calendário de Eventos

Julho

Julho amarelo - combate às hepatites virais

01/07 - Dia da vacina BCG
01/07 - Dia do Enfermeiro de Saneamento
02/07 - Dia do Hospital
08/07 - Dia Mundial da Alergia
10/07 - Dia da Saúde Ocular
13/07 - Dia do Estatuto da Criança e do Adolescente
15/07 - Dia Nacional do Homem
20/07 - Dia do Amigo e Internacional da Amizade
25/07 - Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha
25/07 - Aniversário de Criação do Ministério da Saúde
25/07 - Dia do Motorista
26/07 - Dia dos Avós
27/07 - Dia Nacional da Prevenção de Acidentes do Trabalho
27/07 - Dia do Pediatra
27/07 - Dia do Motociclista
28/07 - Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais

Precisamos Saber

O que você imagina que sofre
 

 


Pensamento do Dia

Na raiz de quase todas as misérias materiais e, sobretudo, morais, está uma falta de amor, uma fome de afeição que não foi satisfeita. (Georges Arnold)

Psicopatas. Eles estão entre nós

Artigos de vários Terapeutas

                                                                  
Dra.Rita Souza Bruni CRP  06/92547é Psicologa Psicóloga, especialista em Psicologia Analítica.Possui experiência nas áreas de atendimentos clínicos, testes e avaliações Psicológicas, elaboração de palestras e treinamentos.Realiza atendimento clínico de adolescentes e adultos, orientação profissional e acompanhamento emocional a noivas e casais. mental.
Dr. Gustavo Moraes é Psicólogo e Psicanalista clínico. Utiliza uma abordagem voltada para o inconsciente humano. Com experiência em atendimento clínico individual de, adolescentes e adultos. Realiza acompanhamento terapêutico e orientação profissional, é professor universitário e palestrante.

 

Holly Counts, PsyD
Dra.Holly Counts, Psy.D. é um psicóloga clínico licenciado em Ohio. Ela utiliza uma abordagem mente, corpo e espírito para a cura.
Daniel J. Tomasulo
Dr.Daniel J. Tomasulo, Ph.D., TEP, MFA é um psicólogo, treinador psicodrama e escritor sobre corpo docente da Universidade de Nova Jersey City

Dr. Fernando Weikamp -Neuropsicanalista - Psicanalista Clinico - CBP/SP nº 00439 Faculdades Médicas de Psicoterapia Unidas FAMEHP -São Paulo,- Diplomado em psicologia pela Universidade do Arizona em Master of Psychology and Medicine -Membro ABENEPI -Associação Brasileira de Neurologia,Psiquiatria Infantil -Membro da Sociedade Brasileira de Psicologia -Membro da Associação Brasileira de Medicina Complementar -Membro da Associação Brasileira de Psicoterapia e Medicina Comportamental , Sexólogo, Professor, Neuro Ciência .

 

 

Informação

 

 

Atenção Internautas

 O Consultorio da Mente alerta aos internautas que estão sendo enviadas mensagens eletrônicas em nome do Consultorio da Mente. As falsas mensagens informam que o usuário tem algum tipo de divida . Depois há um pedido para "clicar" em um link anexado a mensagem.

O Consultório da Mente não envia mensagens eletrônicas sobre cobranças . Somente entra em contato via e-mail com usuários que utilizaram os canais apropriados no site.

Portanto, ao receber a mensagem suspeita, orientamos que ela seja encaminhada para o endereço crime.internet@dpf.gov.br e, logo em seguida, apagada.

 

 

 

Nós temos 28 visitantes online